Modelação

Modelação

  • Modelagem matemática de sistemas ambientais, em particular a produção, o transporte e a dispersão/deposição de poluentes atmosféricos à escala local e regional;
  • Modelagem de gases pesados para avaliação do impacto em cenários de acidente industrial;
  • Modelagem fotoquímica (ozônio);
  • Modelagem numérica dos níveis de odores tendo em conta as indicações da legislação alemã (frequência de ocorrência de horas odor) ou holandesa (P98 das concentrações médias horárias);
  • Modelagem meteorológica, com estimativa das principais variáveis meteorológicas para um determinado local;
  • Modelagem numérica do impacto ambiental de torres de refrigeração (dimensão das plumas, redução da insolação, deposição salina, etc.);

Parceiro

1/0
AERMOD
AERMOD

Modelo de escala local, utilizado para todo o tipo de fontes e situações de topografia simples ou complexa. Inclui um módulo de dispersão (AERMOD), de processamento meteorológico (AERMET) e de processamento de terreno (AERMAP). O modelo foi sujeito a avaliações por parte da USEPA (Documentos n.º EPA-454/R-03-002.pdf e n.º EPA-454/R-03-003.pdf, ambos de Junho de 2003), com resultados bastante positivos, sendo recomendada a sua utilização como modelo autorizado.

Go to link
1/1
 
  • Cálculo de altura de chaminés de acordo com a legislação e normativos aplicáveis, bem como determinação por modelagem numérica da altura mais ajustada;
  • Inventários de emissões;
  • Desenvolvimento ou implementação de modelos específicos de acordo com as necessidades dos nossos clientes.



A Q3A recorre a modelos numéricos reconhecidos e validados internacionalmente, possuindo ainda a capacidade científica de desenvolvimento de modelos específicos adaptados às necessidades dos clientes. Os métodos e procedimentos da UVW seguem as indicações do Guia para o uso de modelos, segundo a Diretiva Europeia da Qualidade do Ar (FAIRMODE)